top of page
  • Foto do escritorEm Foco Mídia

"Novembro Azul" conscientiza homens sobre câncer de próstata


Depois da campanha "Outubro Rosa", realizado para conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção do câncer de mama, foi realizado, neste mês de novembro, a campanha "Novembro Azul", realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) para alertar os homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata através de exames preventivos.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) informam que no ano passado foram identificados mais de 60 mil novos casos da doença. Segundo o Inca, no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele. Em valores absolutos,é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando 10% do total de cânceres. O instituto considera o câncer de próstata uma doença da terceira idade, porque cerca de três quartos dos casos no mundo surgem a partir dos 65 anos.

A próstata é uma glândula presente nos homens, localizada abaixo da bexiga e à frente do reto. O câncer pode ser descoberto inicialmente no exame clínico, um toque retal, exame que enfrenta a resistência de muitos homens, combinado com o resultado de um exame no sangue. Quando descoberto no início, 90% dos casos de câncer de próstata são curáveis. Segundo Alex Vieira Franco, urologista do Centro Médico Pampulha e membro da SBU, não existem causas específicas para o aparecimento do câncer de próstata. Ele confirma que a probabilidade de cura é alta quando o câncer de próstata é descoberto na fase inicial. "No começo o câncer de próstata não costuma apresentar sintomas. Por isso é importante que os homens façam um controle anual, já que essa é uma doença silenciosa. Entre 40 e 45 anos de idade o ideal é fazer o exame de sangue (PSA).Após os 46 anos já é necessário realizar o exame físico,o toque retal", esclarece.

Quando os sintomas começam a aparecer são parecidos com os do crescimento benigno da próstata: dificuldade de urinar e necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite. Na fase avançada, a doença pode provocar dor nos ossos, problemas para urinar e, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

O tratamento vai depender do estágio da doença. "Na fase inicial o ideal e mais comum é o tratamento através de cirurgia, onde é retirada toda a glândula" informa Alex Franco. Porém, em outros casos a cura pode acontecer com radioterapia,tratamento hormonal e algumas vezes apenas com a observação médica. Alex Franco acredita que os índices da doença têm diminuído porque os homens estão mais conscientes. "Infelizmente temos uma cultura machista, porém os homens têm nos procurado bastante. Percebo um aumento de casos em homens mais jovens. Eles não precisam ter receios,porque,quando detectado na fase precoce, a chance de cura é enorme",comenta.

O "Novembro Azul" foi escolhido devido ao Dia Nacional de Combate ao Câncer de Próstata, comemorado no dia 17 de novembro. Qualquer dúvida ou esclarecimento procure o seu médico.

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page